Consumo de ovos no Brasil deve aumentar 9% em 2014

Os brasileiros devem consumir 9% mais ovos neste ano. A projeção é do Instituto Ovos Brasil, que realizou em Outubro ações de promoção do consumo do produto em parceria com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), entidade que reúne a produção e a indústria de aves e suínos. Atualmente, o consumo é calculado em 168 unidades por ano, podento chegar em 2014 a 180.

“O Brasil se posiciona como um mercado que atingiu um grau de excelência na produção. Assim como já foi desconstituído o mito de que a carne de frango é produzida à base de hormônios, a população brasileira aprende que o ovo não é responsável pelo aumento de níveis de colesterol no sangue”.

Informou em nota a organização da campanha.

De janeiro a setembro deste ano, o Brasil produziu 27 bilhões de ovos, crescimento de 6% na comparação com igual período de 2013. O mercado interno é o grande consumidor, com 99,62% no período.

Nas exportações, o Brasil vende principalmente ovos in natura para os Emirados Árabes e processados para o Uruguai, a Arábia Saudita e o Japão. Nos nove primeiros meses deste ano, houve uma redução de 25% nas exportações de ovos, em volume, e de 40%, em receita.

De acordo com os representantes do setor, o resultado foi influenciado pelas restrições de Angola, que tem proibido a emissão de licenças de importação. Uma compensação tem vindo da expansão das vendas para o Oriente médio.